quinta-feira, 23 de janeiro de 2014

Post rapidinho - Esqueça um livro

Olá!!

Em cima da hora, mas não poderia deixar de avisar sobre um movimento bacana que vem rolando na internet, o " esqueça um livro".

Opa, quê é isso?

Simples, nada mais que um convite para que você selecione um livro (ou vários) e "desapegue". Deixe num cantinho (gente, não me inventem de deixar muito exposto, anda chovendo tanto ultimamente) para que alguém, que esteja passando no local, encontre o livro.

É bom que você deixe uma dedicatória bacana para o "querido anônimo", explicando que o livro não está perdido, e sim, disponível para leitura e que, depois de lido, volte a ser repassado, dessa forma.

Eu geralmente faço isso, seleciono alguns livros meus e "esqueço" num ônibus, num banco, enfim, em algum lugar para ser achado. Escrevo uma dedicatória bonitinha e peço para que esse livro, após a leitura, seja novamente repassado. Caso a pessoa ame muito a história, caso tenha sido especial demais, peço que selecione então um outro para continuar o círculo. É legal, gente, uma sensação boa.

Confesso que, às vezes, fico olhando de longe, vejo alguém que nota o livro, dá aquela olhada para os lados, procurando o dono, daí abre, lê a dedicatória, começa a dar uma olhada e vai embora com meu "presente". Olha, é um sentimento bacana que surge na gente nessa hora, tem que fazer para entender.

Eu nunca "achei" um livro... iria amar. Se tiver dedicatória fofa então... deve ser muito bacana. Se calhar de gostar do livro então! Nossa, sensação do livro ter "te encontrado" deve ser muito legal.

Em Brasília não sei se isso anda acontecendo muito, como disse, nunca encontrei. Aqui existem locais onde você pode deixar livros, em muitos pontos de ônibus tem armários para que as pessoas deixem livros. Mas ando notando que são (pelo menos os que achei) muito técnicos, apostilas de concurso, de ensino médio, essas coisas. Não uma coisa bonitinha, com alguma história...

Agora estou com mega invejinha do pessoal de Sampa (amo). O Felipe Brandão, inspirado na ideia do boock crossing está fazendo uma ação mais ampla, agora, no dia 25 de janeiro. Cerca de 600 livros serão deixados na Avenida Paulista, para que sejam "achados". Ô vontade de estar por lá!
Ele também tem uma página no Facebook, publica foto de livros que as pessoas "esqueceram/acharam". Mais detalhes, aqui.


Então, fica a sugestão. Pegue um (ou uns) livro que você pode "desapegar, faça uma dedicatória bacaninha, e deixe num lugar acessível ao público (e protegido do sol/chuva hein?). Se quiser, fique relativamente perto para ver ele sendo achado. É muito bacana. E se puder, não faça somente dia 25/01. Faça sempre. Incentive a leitura, pegue um título bacana, que você acha que pode cativar a pessoa. Faz bem demais!


Um comentário:

  1. Muito legal, sensacional, fiquei com inveja da ideia, muito muito legal, parabens e sucesso..

    ResponderExcluir